Top Social

14 de fevereiro de 2016

Nós e um Vinil: Secos e Molhados

blog de casal, vitrola crosley, secos e molhados, vinil secos e molhados, casal e disco,
A escolha do álbum para a estreia dessa coluna se deu por acaso. Sempre selecionamos um ou dois discos para ouvirmos ao longo do dia e essa obra prima da discografia brasileira foi um deles.
blog de casal, vitrola crosley, secos e molhados, vinil secos e molhados, menina e vitrolaÁlbum de estréia da banda, lançado em 1973 assim como muitos discos emblemáticos brasileiros, Secos & Molhados apresenta o inovador e ousado grupo homônimo que tinha como integrantes Ney Matogrosso (voz), João Ricardo (voz, violão e harmônica), Gerson Conrad (voz e violões) e Marcelo Frias (bateria). Um trabalho revolucionário pela estética e sonoridade, além da bela capa, eleita em uma enquete de 2001, feita pela Folha de São Paulo, como a melhor capa de disco da música brasileira.
blog de casal, vitrola crosley, secos e molhados, vinil secos e molhados, blog de casal,
blog de casal, vitrola crosley, secos e molhados, vinil secos e molhados, blog de casal, marcelo letal
O nosso disco é uma reedição de 1978 e além das letras das canções, apresenta a ficha técnica na contra capa.
blog de casal, vitrola crosley, secos e molhados, vinil secos e molhados, blog de casal, menina e vitrola, jell mariane
"...Bailam corujas e pirilampos
entre os sacis e as fadas.
E lá no fundo azul
na noite da floresta.
A lua iluminou
a dança, a roda, a festa.
Vira, vira, vira
Vira, vira, vira homem, vira, vira..."
(O Vira)
andreia brondi atelier, blog de casal, vitrola crosley, secos e molhados, vinil secos e molhados, blog de casal, jell mariane,
blog de casal, vitrola crosley, secos e molhados, vinil secos e molhados, blog de casal, homem e vitrola
Difícil escolher uma ou duas músicas do álbum para indicar, mas vamos lá...
Sangue Latino (João Ricardo - Paulinho Mendonça), Rosa de Hiroshima (Gerson Conrad - Vinícius de Moraes), O Patrão Nosso de Cada Dia (João Ricardo) e Assim Assado (João Ricardo).
tatuagem vitrola, blog de casal, vitrola crosley, secos e molhados, vinil secos e molhados, blog de casal, marcelo letal
blog de casal, vitrola crosley, secos e molhados, vinil secos e molhados, blog de casal, marcelo letal, vitrola em casa,
blog de casal, vitrola crosley, secos e molhados, vinil secos e molhados, blog de casal, marcelo letal
Esperamos que tenham gostado tanto da nova coluna quanto do álbum escolhido. Como indicação de leitura para quem quer entender mais o contexto desse e de outros discos lançados no mesmo ano, 1973 - O Ano que Reinventou a MPB, A História Por Trás dos Discos que Transformariam a Nossa Cultura, Sonora Editora, organizado por Célio Albuquerque.


Nos acompanhe Facebook ♥ Instagram ♥ Youtube ♥ Pinterest ♥ Twitter
Responda nossa pesquisa de público, é rapidinho ♥  Responder Aqui
12 comentários on "Nós e um Vinil: Secos e Molhados"
  1. Melhor escolha *_*

    Vire e mexe coloco algum para tocar aqui em casa ^^

    ResponderExcluir
  2. Humm... Deu uma saudadezinha dos meus vinis.
    Tá! Eu não era tão chique e nem tinha a cabeça que tenho hoje.
    Ouvia Xuxa! kkkk...
    Adorei a nova coluna!
    Parabéns!

    bjO

    Daniella Dias

    Blog Breshopping da Dany
    Instagram @breshopping_da_dany
    Curta no Facebook

    ResponderExcluir
  3. Gente que massa, vc tem, que legal.

    http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Muito bom quando um disco como esse é relembrado e a seu reboque nosso 1973 o ano que reinventou a MPB. O texto sobre o disco em questão é assinado pelo gaúcho Emílio Pacheco

    Célio Albuquerque

    ResponderExcluir
  5. Amoooo Secos e Molhados!! Adoro as fotos de vocês, sempre lindas e criativas e vou acompanhar essa coluna, vcs tem um ótimo gosto musical!!

    Bjuuuusss
    Http://vintageladyoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post jel
    Muito bom ouvi musica nós discos original onde tudo começou até chega no pen drevi de hoje
    Grande beijos

    ResponderExcluir

Comentários são sempre bem-vindos! Deixe o link do seu blog para que possamos visitá-lo também. Por favor, não exagerem nos links de divulgação!

Obrigado pela visita!
Com amor, Jell e Marcelo...